Feita para surpreender


Surpreendente. Essa é a melhor palavra para definir a Fazer 250 ABS 2018. Inteiramente remodelada, a nova geração chega trazendo um design impactante, cheio de arrojo e modernidade, sistema ABS como item de série e ainda mais agilidade, claro, sem abrir mão das características que fazem o DNA do modelo, que são o conforto, economia e sobretudo a durabilidade do motor. Prova disso é sua nova garantia de 4 anos, a maior já oferecida no mercado de duas rodas no Brasil.

O modelo 2018 da Yamaha Fazer 250 ABS terá quatro opções de cores. Azul metálico (Racing Blue), branco metálico (Branco Cristal), preto sólido (Preto Eclipse) e vermelho com acabamento em fosco metálico (Matt Red), o preço sugerido é de R$ 14.990,00 + frete.

Lançada em setembro de 2005, a Fazer 250 teve como seu grande diferencial o sistema de Injeção Eletrônica, sendo a primeira moto 250cc nacional a ser equipada com o sistema. De lá para cá, a Fazer 250 passou por três gerações, ganhando além de mudanças estéticas, importantes inovações técnicas, como freio a disco traseiro, painel digital e sistema bicombustível. Nestes 12 anos de mercado, o modelo conquistou a admiração e a confiança do consumidor brasileiro, provando ser um produto durável e confiável, com mais de 300 mil unidades já produzidas no Brasil.


Para chegar à quarta e totalmente nova geração, quase 3 anos de desenvolvimento foram necessários desde o início do projeto até sua completa finalização. Foi com base em inúmeras pesquisas, que o conceito da nova Fazer 250 ABS foi elaborado, levando em consideração principalmente os desejos dos proprietários da Fazer e dos consumidores em geral da categoria da qual ela faz parte.

Algumas das qualidades identificadas e implantadas por conta dessas pesquisas, são o design arrojado e futurista com uma silhueta marcante – que lhe dá a aparência musculosa e imponente, fazendo parecer uma moto de maior cilindrada, o banco duplo inspirado no que equipa a Yamaha XJ6 e o pneu traseiro mais largo. O farol inteiramente em LED – a única da categoria equipada com este componente – e o painel digital mais completo dentre as 250cc também fazem parte delas.


Na nova Fazer 250 ABS, as novidades vão além de seu visual moderno e arrebatador. Por sua agilidade e praticidade, ela é uma moto perfeita para o uso urbano, podendo ser utilizada para locomoção até o trabalho, pequenas viagens, lazer e até mesmo para uso como ferramenta profissional.

Todo fabricado em aço, o chassi da nova 250cc da Yamaha é mais leve e resistente a torções, incidindo diretamente no comportamento da motocicleta. Com isso, além de ser nitidamente mais firme, a Fazer 250 ABS também é bastante ágil e capaz de mudar de trajetória com grande rapidez e, o mais importante, de forma estável – todas as qualidades que se deseja em uma motocicleta de uso urbano.


Mas ainda há mais o que ser dito sobre a invejável agilidade da nova Yamaha Fazer 250 ABS. Graças a redução do peso em 4 kg, à centralização de massas na parte de baixo da moto, somadas à geometria bem acertada – cujo ângulo do cáster é de 24,5° e o trail, de 98 mm –, o novo modelo também se destaca pela agilidade e facilidade na pilotagem, com uma impressionante leveza na condução. Essas características fazem dela uma das melhores opções para os proprietários de motos de 125 / 150cc que buscam um up grade para uma motocicleta mais potente e completa, ou até mesmo para quem está iniciando no motociclismo.

Outros componentes responsáveis pela invejável agilidade e estabilidade e também pelo conforto da nova 250cc da Yamaha são as suspensões. Completamente novas, elas são mais robustas quando comparadas às que equipavam sua antecessora, filtrando melhor as irregularidades do piso.


Na dianteira, os tubos internos estão mais largos – passando de 37mm de diâmetro para 41mm – e ganharam 10mm de curso, aumentando de 120 para 130mm. Já na traseira, o amortecedor único, cujo curso é de 120mm, não só é mais robusto em seu corpo, como também nos elos da mola, que por sua vez é ajustável em sete níveis de compressão.

Agora com 10 raios, as rodas em liga leve ganharam design arrojado e, além de mais bonitas, estão mais largas, passando de 2,15 para 2,5 polegadas na dianteira, e de 3,0 polegadas na traseira, para 4,0.

Os pneus são os Pirelli Sport Demon. Na dianteira a medida é de 100/80-17, enquanto na traseira passa de 130/70-17, do modelo anterior, para 140/70-17, oferecendo não só mais aderência como também mais imponência.

Freios

O sistema de freios, composto por um disco de 282mm e uma pinça de duplo pistão na frente, e um disco de 220mm e pinça dupla na traseira, garante frenagens seguras e em curtos espaços. A grande novidade nesse quesito é a adoção do sistema ABS – Anti-lock Bracking System – como item de série, que impede o travamento das rodas em condições de baixa aderência de piso, como em dias de chuva ou mesmo frente a frenagens bruscas de emergência... Pontos a favor da segurança!

Farol e lanterna

E por falar em segurança, a utilização de farol e lanterna traseira inteiramente em LED, não só conferem modernidade e menor consumo de energia à nova Fazer 250 ABS, que é única da categoria equipada com este tipo de farol, como também maior eficiência na iluminação.


Painel 

A modernidade também está presente no painel, que é o mais completo de sua categoria. Ele é totalmente digital e com iluminação em LED, garantindo boa leitura em qualquer situação.  O destaque fica por conta dos novos indicadores de consumo instantâneo e média de consumo. Outras funções disponíveis são o velocímetro, o hodômetro total e dois parciais (TRIP-1 e TRIP-2) e “Fuel Trip” (que indica a quilometragem rodada na reserva), relógio, tacômetro de fácil leitura e também as luzes indicadoras de piscas, farol alto, neutro e alerta de motor e do sistema Blueflex.


Conforto
Este sempre foi um dos atributos da Fazer 250. Por isso, em sua quarta geração, este quesito recebeu total atenção. Na busca por tornar a direção mais leve, um novo guidão mais largo foi adotado. Com ele, o esforço no esterçamento é menor, tornando a pilotagem ainda mais fácil e agradável.


Motor 
O principal atributo que ajudou Fazer a construir sua fama de durável e econômica conquistados durante seus 12 anos de mercado, foi sem dúvida o seu motor. O monocilíndrico, de arrefecimento misto – uma vez que conta com o auxílio de um radiador de óleo – tem a capacidade de 249,5 cm³ e utiliza duas válvulas acionadas por comando simples no cabeçote (SOHC - Single Over Head Camshaft).

A receita de tanta robustez tem origem não só em um projeto consolidado, mas também na tecnologia empregada em sua construção, que utiliza componentes nobres como pistão em alumínio forjado e cilindro revestido de cerâmica, material este similar ao de motos de competição, que diminui o atrito e dispersa o calor com mais eficiência.


Quando abastecida com gasolina, a potência máxima gerada pela nova Fazer é de 21,3 cv e de 21,5 cv em caso de o motor ser alimentado com etanol, ambos atingidos a 8.000 rpm. O torque, por sua vez é de 2,1 kgf.m, tanto abastecido com etanol quanto por gasolina, ambos alcançados a 6.500 giros.

Fotos Yamaha/Divulgação

Comentários