Saiba como legalizar um carro rebaixado


Entre os amantes de carros, tem os loucos por rebaixados, assim chamados porque os automóveis convencionais ficam com a suspensão modificada. Muitos modelos chegam a cobrir parte do pneu, que fica escondido pela lataria. É uma prática e uma paixão que move muitos apreciadores. Eles desfilam pelas ruas com seus possantes, que têm as lombadas como grandes vilãs. Ainda, participam de grupos e eventos organizados.

Mas o que muitos não sabem é que toda modificação veicular deve ser autorizada pela Ciretran/Citran onde o veículo está cadastrado. Devem ser observadas a Resolução 292 e as Portarias 1.100 e 1.101, que estão no site do Denatran.

O interessado deve comparecer ao órgão de trânsito onde a alteração será realizada, para gerar as taxas de alteração de característica e de vistoria. Para a abertura do processo, o usuário deve levar os seguintes documentos: recibo de transferência (CRV) original; cópias legíveis do RG e CPF do proprietário do veículo se pessoa física ou CNPJ e contrato social se pessoa jurídica; requerimento do proprietário do veículo solicitando a alteração da característica, com firma reconhecida por verdadeiro, em cartório devidamente autorizado pela supervisora da Ciretran/Citran; e notas fiscais e laudo Certificado de Segurança Veicular (CSV).

Após a abertura do processo e o pagamento das taxas, o veículo deve passar pela vistoria. Veja três formas para deixar seu xodó rebaixado.

Três jeitos para rebaixar seu carro

FIXA — Nos carros que participam de corridas em terrenos específicos, a suspensão fixa pode ser uma boa opção. Foi projetada exatamente na altura e tipo de solo que o veículo percorre. Absorve os impactos, oferecendo mais estabilidade nas curvas e firmando o carro com mais segurança nas frenagens e largadas.

ROSCA — A suspensão de rosca pode ser adaptada para todos os terrenos. Ela permite a regulagem da altura de forma manual conforme a situação. Serve também para rebaixar os carros de rua. Por ser ajustável, pode ser desenvolvida no meio-termo, o que pode agradar em alguns terrenos e outros não. O ideal é calibrá-la para o objetivo final dela, seja voltada ao conforto ou a performance.

AR — É uma das melhores opções para ajustar a altura do carro. Pode ser feito através de controle remoto e permite que você suba ou desça o automóvel quando desejar em segundos. É necessário preparar os amortecedores de acordo com os terrenos que ele enfrentará. Esses amortecedores podem se tornar o grande diferencial no quesito do conforto.

Comentários