Renault Sport Racing fornecerá seus motores de Fórmula 1 à Mclaren


Apesar da presença conjunta na Fórmula 1 desde 1977 as duas escuderias nunca tinham trabalhado juntas. A McLaren Racing disputou 814 grandes prêmios, enquanto que a Renault disputou 591 GPs como fabricante de motores.

Para a McLaren o motivo desta parceria é evidente: a Renault demonstrou sua capacidade de construir motores capazes de vencer títulos mundiais para sua própria equipe como construtora e também como fornecedora de motores para escuderias clientes.

Para a Renault Sport Racing, este acordo permite trabalhar com uma segunda escuderia de primeira linha, possibilitando obter feedbacks de alto nível que vão contribuir para o desenvolvimento de seu motor.

A parceria da McLaren-Renault promete deixar a F-1 mais disputada.




Comentários